sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

SEGREDOS DA LUZ

As cores e formas estão nos sonhos porque há uma fonte que as ilumina. Não há sonhos sem imagens, exceto, talvez, para aqueles que nasceram cegos. Como se formariam as imagens, se não fossem iluminadas? Mesmo que em nossa mente elas correspondam a padrões elétricos — captados no mundo real, transformados na retina e transportados ao cérebro — se algo as vê, durante o sonho, ou na imaginação do indivíduo desperto, é sob a luz que as ilumina, traduzindo em imagens os raios luminosos. Significa que guardamos luz em nossas mentes, e fazemos o prodígio de, com ela, criar objetos e situações inéditas, que agora, no sonho ou na imaginação desperta, são pela primeira vez contemplados. Se podemos ver, em nossas mentes, pessoas agindo em torno de objetos iluminados, não podemos negar que realmente existem, se são percebidos como cores e formas em movimento e, portanto, estão sendo iluminados, e é evidente que há uma fonte que os ilumina. Mesmo que esta fonte seja elétrica — ou espiritual — o fato é que ela ilumina, define cores, formas e situações determinadas no espaço-tempo caótico do nosso sonho-imaginação. Seja qual for o acontecimento, a luz sempre chega antes das testemunhas.

Um comentário:

Susana Stähelin Stähelin disse...

É estranho como as coisas estão na nossa cara e não as captamos realmente. Agora, depois dessa leitura, ficou escancarado! Nunca havia pensado nisso! Sua luz iluminou aqui, Chico Guil.